14 comments on “Fortificações portuguesas de Ceuta

  1. Em 1990, visitei Ceuta, sem qualquer guia. Andei pela cidade, à deriva e, com o meu amor à História de Portugal e à História em geral, descobri, penso, o que Ceuta nessa época, tinha de melhor: o seu património como a fortaleza e a Igreja de Santa Maria de África. Quando entrei na Igreja havia uma jovem, técnica de restauro, que se dedicava a restaurar o altar principal onde se encontrava a imagem de Nossa Senhora de África, nome que ela lhe deu e que se pensava que teria sido levada pelos portugueses. Este meu testemunho não acrescenta nada ao seu trabalho de pesquisa, mas gostei tanto de ler o que escreveu, que não resisti a deixar estas minhas pequenas impressões. Apenas quero acrescentar que a minha pesquisa sobre Ceuta, por este meio, resultou de uma “visita de saudade” às fotografias que tirei nessa cidade que pertenceu aos portugueses, numa das minhas viagens mais antigas. Obrigada pelo seu trabalho.

    • Boa tarde. É fascinante ver o legado português no Mundo, e especialmente aquele que pertence aos primórdios dos Descobrimentos, quando o Mundo era desconhecido. Obrigado pelo seu comentário

      • Frederico Mendes Paula
        Apenas quero acrescentar e agradecer, a possibilidade que me proporcionou de poder identificar melhor as fotografias que tirei, especialmente das várias perspectivas da muralha. Obrigada, mais uma vez.

    • Caro Manuel Pinho
      De facto não me deparei com informações concretas (para além daquelas que apresentou no seu comentário ao meu artigo “A Conquista de Ceuta”) sobre N. Sra. do Vale. Chamo a atenção para o facto de, no âmbito do próximo Congresso Ceuta 2015 (http://www.coec2015.org/pt/inicio-2/) estar prevista no dia 1 de Outubro uma visita a essa Igreja às 20.00 horas, na qual serão certamente esclarecidos muitos aspectos sobre a história do imóvel.
      Cumprimentos

      • Querido Frederico
        La Virgen del Valle ha sido recientemente restaurada por D. Álvaro Domínguez Bernal. El Archivo Central de Ceuta ha editado la memoria de esta intervención realizada por Álvaro, con información de gran interés.
        Enhorabuena por la entrada de este estupendo blog.
        Un abrazo

  2. Pingback: A Conquista de Ceuta | Siroco Tours

    • Caro amigo. É um privilégio merecer um comentário tão animador de um tão ilustre estudioso de Ceuta. Um abraço

Deixe uma Resposta para Manuel Pinho Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s