Os mouros e seus aliados

ABD AL-MOUMEN . (1100-1163) Sucessor de Ibn Tumart como chefe dos Almóadas, que destrona os Almorávidas em Marrocos e invade o Al-Andalus, que unifica sob o seu poder

ABD AR-RAHMAN I . (731-788) Príncipe Omíada sobrevivente do Massacre de Abu Fotros, que foge para o Rif e aí organiza a conquista do Al-Andalus, onde estabelece o Emirato Omíada de Córdoba no ano de 756

ABD AR-RAHMAN III . (891-961) Foi o 8º Emir de Córdoba que se proclama Califa no ano de 929 após o esmagamento das revoltas muladis no Gharb Al-Andalus

ABDELAZIZ BEN MUSSA . Filho de Mussa Ibn Nussayr, com quem fez a conquista do Ghar Al-Andalus. Após a partida de Mussa para Damasco em 714, Abdelaziz é nomeador governador do Al-Andalus

ABDELKRIM KHATTABI . (1882-1963) Muhammad Ibn ‘Abd al-Karim al-Khattabi nasceu em 1882 em Ajdir, nos arredores da cidade de Al-Hoceima. Foi o líder da resistência do Rif à ocupação espanhola. Em 1922 Abdelkrim proclama a República do Rif a partir do seu quartel-general em Targuist e é eleito seu presidente. Após a derrota rifenha em 1927 é exilado na ilha de Reunião, onde permanece 20 anos. Quando, em 1947, faz escala no Cairo a caminho de França, escapa-se e pede asilo no Egipto. Morreu no Cairo em 1963

ABDELMALIK EL-MOUATASSEM BILLAH . Conhecido pelos portugueses pelo nome de Mulay maluco, foi o Sultão de Fez que derrotou o exército de D. Sebastião na Batalha de Alcácer-Quibir

ABEN HUMEYA . Mourisco de nome Fernando de Córdoba y Válor convertido ao Islão, líder da revolta de 1568 nas Alpujarras

ABU SABBAH AL-YAMANI . Chefe dos Árabes do Yemen que ocuparam o actual Algarve em 712, foi governador da kura (província) de Ossónoba

ABU YAKUB YUSSUF AL-MANSUR . Chefe Almóada que no ano de 1157 volta a colocar a fronteira com o Reino de Bortuqal no Vale do Tejo

ABU ZAKARYA YAHYA AL-WATTASI (ou LAZERAQUE) . Rei de Fez que derrotou os portugueses na tentativa falhada de conquistar a cidade de Tânger em 1437

AHMED EL INGLIZI . Arquitecto e engenheiro inglês que se converteu ao Islão e se juntou aos Corsários de Salé ou Salé Rovers, tendo posteriormente trabalhado para o sultão Sidi Mohamed Ben Abdellah na construção do porto e Sqala de Essaouira

ALGAZEL (A GAZELA) . De nome Yahya Ibn Al-Hakim Bakr, foi um dos maiores poetas e diplomata da sua época, foi enviado no ano de 846 pelo Emir de Córdoba até à corte dos Normandos, acedendo a um pedido de paz feito pelo seu rei Thorgest. Algazel já tinha prestado serviço diplomático na corte cristã de Constantinopla e conhecera a corte de Harun Ar-Rachid em Bagdade

AL-HASSAN AL-WAZZAN AL-FASI (ou LEÃO, O AFRICANO) . (1494-1554) Diplomata, geógrafo e explorador mourisco, conhecido pela sua obra Descrição de África“. Nasceu no Reino de Granada em 1494 e mudou-se para Fez ainda criança.Fez estudos universitários e trabalhou como diplomata até que em 1518 foi capturado por piratas, de onde foi levado para Roma, onde foi oferecido como presente ao Papa Leão X. Adoptou o nome de João Leão de Médicis

AL-IDRISI . (110-1165) Nasceu em Ceuta no ano de 1110. Foi um cartógrafo e geógrafo Árabe que ficou famoso pelo mapa mundi que realizou orientado em sentido inverso, conhecido como a Tabula Rogeriana, acompanhado por um livro, denominado Geografia

ALMANÇOR . (939-1002) De nome Abu Amir Muhammad Ibn Abdullah Ibn Abi Amir, de cognome Al-Mansur, “o vitorioso”, foi hájibe do Califa Hixame II. Homem extremamente ambicioso, determinado e implacável, político hábil e grande estratega militar, foi senhor absoluto da corte de Córdoba, remetendo o Califa em exercício para um papel de mera figura decorativa. Levou a cabo 57 campanhas militares contra os reinos cristãos do Norte, durante as quais nunca conheceu a derrota, fixando a fronteira ao longo do vale do Douro. Dos seus feitos contam-se os ataques a Barcelona, Santiago de Compostela, León e Pamplona

AL-MU’TADID . Abbad Al-Mu’tadid, pai de Al-Mu’tamid Ibn Abbad, foi o segundo governante da Taifa Abádida de Sevilha e conquistador de Silves aos Banu Muzayn

AL-MU’TAMID . (1040-1095) Al-Mu’tamid Ibn ‘Abbad, que ficou conhecido como o “Rei-Poeta”, Rei da Taifa Abádida durante os chamados primeiros Reinos de Taifas, nasceu no ano de 1040 em Beja, onde passou a sua infância. Participa com o pai nas várias campanhas militares contra Silves, ficando no seu governo a partir do ano de 1053. Após a morte do seu pai, no ano de 1063, Al-Mu’tamid torna-se rei de Sevilha. O final do reinado do Rei-Poeta fica marcado pelas ameaças cristãs ao seu reino, que o levam a pedir apoio ao novo soberano de Marrocos, Yussuf Ibn Tachfin, chefe Almorávida e fundador da Cidade de Marraquexe. A entrada dos Almorávidas na Península é impiedosa, unificando o território sob o seu poder, assassinando todos os reis de taifas, à excepção de Al-Mu’tamid, que é desterrado com a sua mulher ‘Itimad para Aghmat, nos arredores de Marraquexe, onde terminam os seus dias num miserável cativeiro

AROUDJ BARBAROSSA ou AROUDJ RAIS, ou BABA AROUDJ (PAPÁ AROUDJ) . (1474- 1518) Irmão mais velho de Khayr Ad-Din Barbarossa, que com ele desenvolveu a actividade corsária ao serviço do Império Otomano. Nasceu em Lesbos em 1474 e foi Bey, ou governador de Argel. Morreu em 1518 em Tlemcen na guerra contra os espanhois

BANU BAKR . Família de muladis que se revoltam no ano de 879 em Xantamarya Al-Gharb, actual cidade de Faro, contra o poder do Emir de Córdoba, mantendo-se independentes cerca de 50 anos. O governo dos Bakr percorreu três gerações, personificadas por Yahia Ben Bakr, Bakr Ben Yahia e Calafe Ben Bakr

BANU MUZAYN . Família que governou inicialmente a Taifa de Xilb (Silves), a partir do ano de 1027, até esta ser conquistada pelos Abádidas em 1053

BENI HARUN . Família que governou inicialmente a Taifa de Xantamarya Ibn Harun (Faro), a partir do ano de 1027, até esta ser conquistada pelos Abádidas em 1053

BENJIJA . Alcaide de Asjen no início do século XVI

BOU JEMAA . Primo de Mulay Ali Berrechid que fundou uma base de mujahidins no local onde posteriormente seria edificada a cidade de Chefchauen

BOU JEMAA (BUGIMA) . Mouro da tribo Chiadma aliado dos portugueses no período do Protectorado da Duquela

EL AYACHI . Sidi Mohamed El-Ayachi foi um morabito e líder militar e político governante de Salé e um dos governantes da chamada República do Bouregreg

EL GLAOUI (HAJ THAMI EL MEZOUARI) . (1879-1956) Chefe da tribo Glaoua, conhecido como o Senhor do Atlas, que ficou na história pelo seu papel colaboracionista com as forças coloniais francesas na pacificação do Sul de Marrocos

EL HIBA . (1876-1919) Herói da resistência marroquina à colonização francesa, era originário de Smara, no Sahara. No ano de 1912, uma revolta no Sousse proclama-o sultão e nesse mesmo ano entra em Marraquexe com o seu exército de Touaregs, com o objectivo de destronar o sultão colaboracionista Mulay Hafid. Um exército francês derrota-o em Sidi Bou Othman e El Hiba regressa ao Sousse, onde continuará a guerra contra o invasor francês até à sua morte em 1919

ESTÊVÃO DE AZAMOR . Escravo vendido na Praça portuguesa de Azamor, Estêvão, de nome original Mustafá, é considerado o primeiro africano na América, ao integrar uma expedição espanhola ao Novo Mundo.

HAMOU ZAYANI . Mohammed Ouhammou Azayi, vulgarmente conhecido por Hamou Zayani ou simplesmente Moha, pertencia à tribo Ait Said Ou Ichou, uma das cinco que compõem a federação Ait Harkat, por sua vez uma das oito que integram a confederação Izayane. Moha nasceu no ano de 1863, substituíndo o seu irmão como chefe dos Zayane com 20 anos de idade, sendo reconhecido como Caid pelo sultão Hassan I quatro anos depois. Foi líder da resistência amazigh à ocupação francesa do Médio Atlas

IBN ‘AMMAR “AL-ANDALUSI” . (1031-1084) Natural de Estômbar, foi um dos grandes poetas do Gharb Al-Andalus. A sua vida ficou ligada à do Rei-Poeta Al-Mu’tamid. de quem foi amigo íntimo. Foi governador de Silves e ministro em Sevilha. O relacionamento controverso entre ambos ditou um final trágico na sua relação, sendo Ibn ‘Ammar morto a golpes de machado por Al-Mu’tamid numa cela onde tinha sido feito prisioneiro

IBN FADLAN . Foi um escritor e viajante Árabe do século X, que ficou conhecido por escrever um manuscrito (Kitāb ilā Malik al-Saqāliba (كتاب إلى ملك الصقالبة)) sobre suas viagens como embaixador do califa abássida al-Muqtadir para a terra dos búlgaros

IBN MERUAN . De cognome “o Galego”, foi um muladi de Mérida que estabeleceu em 875 um reino independente em Badajoz e Marvão, que duraria até ao ano de 925

IBN QASI . Ahmed Ibn Qasi foi um místico sufi natural de Silves, provavelmente um muladi, ou descendente de cristãos convertidos, de origem romana, dado que se pensa que o seu nome de família viria do romano Cassius. Fundador de uma confraria designada por Movimento Muridino, conquista o governo da taifa de Silves, de todo o Algarve e baixo Alentejo no ano de 1144. Ibn Qasi estabelece uma aliança com D. Afonso Henriques, sendo assassinado pelos Almóadas no ano de 1151

IBN SAHIB AS-SALAT . Cronista Árabe do período Almóada, conhecido pelas suas crónicas inflamadas contra os cristãos

IBN TUMART . (1080-1128) Fundador dos Almóadas, que se proclama Mahdi na Mesquita de Tin-Mal, no Alto Atlas, e exorta os muçulmanos a fazerem a guerra santa

IBRAHIM VARGAS . Mourisco nascido em Hornachos, na Estremadura espanhola, primeiro governante da entidade política que deu origem à chamada República do Bouregregue

IDRIS I . Príncipe Omíada refugiado em Marrocos após o massacre de Abu Fotros, fundador da Dinastia Idrissida

‘ITIMAD RUMAIKYA . Mulher de Al-Mu’tamid, que conheceu na condição de escrava de um nobre chamado Rumi. Conhecida na corte de Sevilha como Saídat-al-Kubra, a grande senhora, odiada por muitos dos seus juristas e religiosos, prontos a traírem e difamarem  seu nome. foi desterrada com o Rei-Poeta para Aghmat, após a conquista Almorávida

KHAYR AD-DIN BARBAROSSA (ou KHAYR AD-DIN PACHA) . (1470-1546) Considerado um dos maiores corsários e todos os tempos. De origem turca, estabelece-se em Argel, sob a protecção do Império Otomano, cuja soberania garante na região. A sua actividade era sobretudo a de capturar populações e vendê-las como escravas, e o seu raio de acção ia desde o Mediterrâneo ao Mar do Norte. Foi nomeado Bey de Argel após a morte do seu irmão Aroudj. Ficou célebre pelo número de cativos que aprisionava, como são exemplo os 9.000 prisioneiros feitos em Lipari ou os 4.000 prisioneiros feitos na ilha de Ischia. Nasceu em 1478 na ilha de Lesbos e morreu de morte natural aos 79 anos em Istambul, com o título de Pacha

LATAR . Alcaide de Tadla, foi um dos intervenientes na Batalha de Boulaouane ou dos Alcaides do dia 14 de Abril de 1514

LEÃO “O AFRICANO”, El-Hassan Ben Mohammed el-Ouazzan . (1494-1554) Diplomata, geógrafo e explorador mourisco, conhecido por sua obra Descrittione dell’Africa (Descrição de África)

LUTETE . Foi um dos alcaides intervenientes na Batalha de Boulaouane ou dos Alcaides do dia 14 de Abril de 1514

MOHAMMED “AL-BURTUGHALI” . Sultão de Fez, filho de Mulay As-Said Ash-Sheikh, que estudou em Portugal, sendo por esse motivo assim conhecido em Marrocos. É também denominado o Português, “L-Bartqiz”

MOHAMMED ECH-CHEIKH . Xerife Saadi que conquistou a Fortaleza de Santa Cruz do Cabo Guer aos portugueses em 1541

MULAY ALI BERRECHID . Mourisco fundador e alcaide da cidade de Chefchauen, conhecido pelos portugueses pelo nome de Barraxe

MULAY AS-SAID ASH-SHEIKH . Alcaide de Arzila que estabeleceu um acordo de paz com os portugueses após a sua conquista dessa Praça. O seu filho foi enviado para Lisboa, para aprender a língua e os costumes portugueses. Por esse motivo o filho de Mulay As-Said Ash-Sheikh é hoje conhecido em Marrocos como “o Português”

MULAY IBRAHIM . Filho de Mulay Ali Berrechid e irmão de Aicha As-Sayda Al-Hurra, foi valido do sultão de Fez e um dos grandes opositores à presença portuguesa no Norte de Marrocos

MULAY ISMAIL . Sultão Alauita que mandou construir uma cidade para servir de capital, Meknés, que é por vezes chamada “Versalhes de Marrocos”, por causa da sua extravagância. Ficou famoso como uma das figuras marcantes da história de Marrocos, bem conhecido pela sua crueldade lendária

MULAY MOHAMED EL-MOUTAOUAKIL . Rei de Fez deposto pelo seu tio Abdelmalik. Pede auxílio a D. Sebastião, sendo o aliado dos portugueses na Batalha de Alcácer-Quibir

MURAD RAIS (JAN JANSZOON VAN HAARLEM, JAN JANZ, CAPITÃO JOHN, O “GRANDE ALMIRANTE”) . (1570-1641) Nasceu em Haarlem, na Holanda, quando o seu país estava ocupado pelos espanhóis. Ingressa na marinha e é capturado por corsários muçulmanos nas ilhas Canárias. É levado para Argel, onde se converte ao Islão e toma o nome de Murad Rais, ”o jovem”. Adere ao corso e escolhe Salé como sua base, da qual se torna governador. Entre 1619 e 1627 é eleito Presidente da chamada “República do Bouregreg” e entre 1640 e 1641 é Governador de Oualidia. Dos seus feitos contam-se um raid à Islândia e vários ataques a Inglaterra. Foi o mais famoso de todos os “Salé Rovers”

MUSSA IBN NUSSAYR . Sucessor de Oqba Ibn Nafi no governo da Ifriqya. Comanda a segunda invasão Árabe da Península no ano de 712

OQBA IBN NAFI .  (622-683) General ao serviço dos Om+iadas de Damasco, que no ano de 670 comanda um exército através do deserto do Egipto com a missão de submeter todas as tribos berberes do Norte de África. Na sua marcha para o Ocidente funda a cidade de Kairouan na actual Tunísia, onde fica sediado o governador da Ifriqiya. Oqba atinge a costa atlântica no ano de 684, consumando a conquista do Magrebe

RAHU BEN XAMUT . Chefe dos Uled ‘Amran que matou Nuno Fernandes de Ataíde

SALAH BEN SALAH . Capitão de Ceuta à data da conquista da cidade pelos portugueses em 1415 e de Tânger à data da conquista falhada de 1437

SAYYIDA AL-HURRA . Foi a mais célebre de todas as corsárias do Magrebe. De origem Andalusa, estabelece-se com a sua família em Chefchauen e torna-se governadora da cidade de Tetuan, que manteve durante 30 anos. Sayyida Al-Hurra nunca esqueceu a humilhação de ter sido forçada a abandonar Granada e torna-se uma temida corsária que ataca sobretudo os navios portugueses que faziam a rota Lisboa-Lagos-Ceuta. Foi uma activa negociante de captivos da guerra do corso, negócio com o qual ganhou um poder imenso, dizendo-se que “comandava milhares de navios”.

SIDI AL-AROUS . Alcaide de Alcácer Quibir no início do século XVI, conhecido pelos portugueses pelo nome de Cide Talha Laroz

SIDI ALI AL-MANDARI . Conhecido nas crónicas portuguesas pelo nome de Almandarim, foi um general e arquitecto granadino expulso da Península, responsável pela refundação da cidade de Tetuan. Lutou activamente contra a presença portuguesa em Marrocos, estabelecendo em Martil uma importante base corsária

SIDI HAMMOU TALEB . Conhecido por “bab n umarg”, que em Tachelhit significa “mestre da poesia”. Sidi Hammou nasceu em Aoulouz, no século XVI, e viveu percorrendo as aldeias da região recitando os seus poemas ou versejando

SIDI MAIMUN . Mouro de paz aliado dos portugueses na Duquela

SIDI MOHAMED BEN ABDALLAH . (1710-1790) Sultão Alauita que reconstruíu Essaouira e Anafé em 1770 e pôs cerco a Mazagão em 1769

TARIF BEN XAMAUN . Berbere do Rif que em 710 fez uma incursão de reconhecimento ao Al-Andalus, desembarcando no lugar da actual cidade de Tarifa

TARIK IBN ZYAD . (670-720) Berbere rifenho governador da cidade de Tânger que comanda a primeira invasão Árabe da Península no ano de 711, derrotando o exército de Rodrigo na Batalha de Guadalete

THÉODORE CORNUT . Arquitecto e engenheiro militar francês que trabalhou para o sultão Sidi Mohamed Ben Abdallah na reconstrução da cidade de Essaouira

YAHYA BENTAFUF . Alcaide mouro da região da Duquela, aliado dos portugueses da Praça de Safim, que ajudou a constituir um protectorado de vários milhares de quilómetros quadrados

YUSSUF IBN TACHFIN . Chefe dos Almorávidas que funda a cidade de Marraquexe no ano de 1060, unifica Marrocos sob o seu domínio e invade o Al-Andalus em 1086 acedendo ao pedido de ajuda feito pelos Reinos de Taifas, que dissolve, estabelecendo um império que se estende do Gana ao Rio Tejo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s