Histórias de Portugal em Marrocos

Historias de Portugal am Marrocos

A presença portuguesa em Marrocos está cheia de episódios de guerras travadas entre Portugueses lutando em campos opostos, fossem mouriscos expulsos, cativos convertidos ou renegados voluntariamente assumidos. São inúmeros os exemplos de Portugueses que se tornam mouros no seguimento da sua captura ou fugindo à justiça portuguesa, e encontrando em Marrocos uma alternativa viável para continuarem as suas vidas, constituindo família e exercendo as suas anteriores profissões, ou servindo nos exércitos marroquinos.
Do mesmo modo, é comum encontrarmos Mouros que lutam do lado de Portugal contra os seus, fossem mouros de pazes ou de sinal, batedores ou almocadéns convertidos ao Cristianismo.

A História da presença portuguesa em Marrocos acontece num período de grandes transformações sociais, com a emergência de uma burguesia comercial que impulsiona os Descobrimentos, e a expulsão de milhares de portugueses do seu país, Muçulmanos e Judeus, que exportam consigo uma guerra civil que lhes fora imposta pelos Cristãos.

É também um período em que a generalização das armas de fogo impõe grandes transformações na arquitectura militar e que as condições de adaptação das cidades de Marrocos ocupadas pelos portugueses estabelecem princípios que influenciarão o próprio urbanismo moderno, sendo Marrocos um verdadeiro laboratório onde se colocam em prática e se desenvolvem os novos conceitos e teorias do Renascimento.

Este livro, ilustrado com documentação da época, e baseado numa bibliografia que procura nas crónicas e trabalhos de investigação o suporte para o seu conteúdo, oferece-nos uma narrativa rigorosa e envolvente de uma história emocionante, para muita gente desconhecida.

Apresentação do livro no Centro Cultural Português em Rabat no dia 7 de Novembro de 2019, com a Embaixadora de Portugal no Reino de Marrocos, Dra. Maria Rita Ferro, e o editor Arq. Filipe Jorge

(fotos Nazha Billah Paula)
cartaz

02

04

19

20.jpg